Blog

A Poesia

   

A Poesia penetrou minh’alma

Sem perfurar a pele 

Sem esmagar os olhos

Sem dilacerar o coração

Apenas destruiu minha antiquada visão.

            (Majal-San)

            03  12  2004